O que é: Instruções Robots.txt

O arquivo robots.txt é um arquivo de texto utilizado pelos mecanismos de busca para entender quais partes de um site devem ser rastreadas e quais devem ser ignoradas. Ele é colocado na raiz do domínio e contém instruções específicas para os robôs dos mecanismos de busca.

Como funciona o arquivo robots.txt?

O arquivo robots.txt funciona como um guia para os robôs dos mecanismos de busca, informando quais páginas ou diretórios devem ser rastreados e quais devem ser ignorados. Ele é lido pelos robôs antes de começarem a rastrear um site, permitindo que eles saibam quais URLs devem ser visitados e quais devem ser evitados.

Por que usar o arquivo robots.txt?

O uso do arquivo robots.txt é importante para controlar o rastreamento dos mecanismos de busca em um site. Ele permite que os proprietários de sites decidam quais partes do site devem ser indexadas e quais devem ser mantidas fora dos resultados de pesquisa. Isso pode ser útil para evitar que páginas sensíveis, como páginas de login ou páginas de administração, sejam indexadas pelos mecanismos de busca.

Como criar um arquivo robots.txt?

Para criar um arquivo robots.txt, basta criar um arquivo de texto em um editor de texto simples, como o Bloco de Notas, e salvá-lo com o nome “robots.txt”. Em seguida, o arquivo deve ser enviado para a raiz do domínio do site, geralmente através de um cliente FTP ou do painel de controle do servidor.

Sintaxe do arquivo robots.txt

O arquivo robots.txt segue uma sintaxe específica, que consiste em uma série de diretivas seguidas por seus respectivos valores. Cada diretiva é separada por uma linha em branco. As principais diretivas utilizadas no arquivo robots.txt são:

User-agent:

A diretiva User-agent especifica para qual robô de busca as instruções se aplicam. Por exemplo, “User-agent: Googlebot” se aplica apenas ao robô do Google. É possível especificar várias diretivas User-agent para diferentes robôs de busca.

Disallow:

A diretiva Disallow especifica quais URLs devem ser ignorados pelos robôs de busca. Por exemplo, “Disallow: /admin” instrui os robôs a não rastrearem nenhum URL que comece com “/admin”. É possível especificar várias diretivas Disallow para diferentes URLs.

Allow:

A diretiva Allow especifica quais URLs devem ser permitidos pelos robôs de busca, mesmo que haja uma diretiva Disallow para o mesmo diretório. Por exemplo, “Allow: /images” permite que os robôs rastreiem URLs que começam com “/images”, mesmo que haja uma diretiva Disallow para o diretório raiz.

Sitemap:

A diretiva Sitemap especifica a localização do arquivo XML do sitemap do site. O sitemap é um arquivo que lista todas as páginas do site e fornece informações adicionais sobre cada página, como a frequência de atualização e a importância relativa. A inclusão do sitemap no arquivo robots.txt ajuda os mecanismos de busca a encontrar e indexar todas as páginas do site de forma mais eficiente.

Exemplo de arquivo robots.txt

Aqui está um exemplo básico de um arquivo robots.txt:

User-agent: *
Disallow: /admin
Disallow: /private
Allow: /images
Sitemap: http://www.example.com/sitemap.xml

Neste exemplo, todas as páginas dentro dos diretórios “/admin” e “/private” serão ignoradas pelos robôs de busca, exceto as páginas dentro do diretório “/images”. Além disso, o sitemap do site está localizado em “http://www.example.com/sitemap.xml”.

Considerações finais

O arquivo robots.txt é uma ferramenta poderosa para controlar o rastreamento dos mecanismos de busca em um site. Ao criar um arquivo robots.txt bem otimizado e seguindo as diretrizes corretas, é possível melhorar a indexação do site nos mecanismos de busca e garantir que apenas as páginas desejadas sejam exibidas nos resultados de pesquisa.

Portanto, é essencial que os profissionais de marketing e criação de glossários para internet dominem o uso do arquivo robots.txt e saibam como criar instruções precisas e eficientes para os robôs dos mecanismos de busca.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá
Podemos ajudá-lo?